sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Non Possumus nos calar diante do desrespeito as tradições


Nesses tempos muitos Padres querem aparentar um zelo as tradições da Igreja que porém quando pesquisamos um pouco mais afundo percebemos que são na verdade erros e que de fato a Tradição da Igreja não age de forma imprudente. A pergunta que sempre levanto é, será que esses padres sabem o que é a tradição Católica? Neles existe um zelo verdadeiro ou um zelo próprio de fariseus que se escandalizam com o cisco no olho do próximo, mas não veem os erros e atrocidades que estão cometendo, sem superiores e sem regras!? Sobreviveriam esses padres autônomos ignorando as regras e se fazendo doutores de si a Igreja Tradicional? Vejamos um pequeno caso e exemplo que nos demonstra isso...

Primeiro não estou alegando que ninguém agiu de má fé, mas por um dever de caridade vamos ensinar aos ignorantes, algumas Tradições e leis da Igreja....


Muito semelhante ao ferraiolo (veja aqui), e muito diferente de uma capa de asperges (veja aqui),  o tabarro é uma veste usada em ocasiões não litúrgicas e cívicas de uso exclusivo de representantes do Núncio Apostólico, sua cor geralmente é preta. Como podemos perceber com as demais fotos a diferença entre as duas vestes é clara, primeiro pelo ferraiolo não apresentar a parte caída sobre os ombros e a segunda é a diferença de que padres não podem usar o tabarro, esse se destina apenas a bispos.    

     Mas, qual a razão dessa diferença do ferraiolo (usado por padres incluso na cor preta)? A resposta é simples para mostrar que o bispo é a autoridade máxima local, além de fazer lembrança ao episcopado que é o último e supremo grau do sacramento da ordem, além do poder de jurisdição do bispo representado em uma franja o que o difere do ferraiolo que não possui a mesma. 

O tabarro é usado por cima da batina, nunca pela sobrepeliz pois,
 ele é uma veste não litúrgica diferente da sobrepeliz.
Abaixo vemos o Papa Pio XII (na época Cardeal Pacelli usando um tabarro):


Bispo usando o Tabarro na cor negra usada para bispos ( o ferraiolo dos Bispos porém é da cor dos episcopados)
 



O Papa também faz uso dessa veste, gozando do uso da cor 

vermelha,  a mesma de uso exclusivo dos cardeais como podemos 

ver imagens de alguns pontífices usando-o: 


Papa Paulo VI

Papa São Pio X

Papa Bento XVI

Papa Pio XII


Concluindo:


 O tabarro é uma veste destinada UNICAMENTE para


 aqueles que gozam de alguma jurisdição, além de ser destinada

 somente para aqueles que receberam o episcopado. E que porém o

 tabarro na cor  vermelha é de uso excluso do sumo Pontífice e dos 

Cardeais.

Sendo assim nenhum sacerdote deveria fazer uso do Tabarro, nem

 na cor preta, própria dos bispos nem da vermelha de uso dos 

cardeais e do papa. Como podemos ver aqui nessas imagens onde 

esse uso indevido foi cometido (veja aqui)


*obs: algumas fontes informam incluso que o tabarro é uma veste exclusivamente papal na cor vermelha.
"The papal shoes, along with the camauropapal mozzetta, and cloak (tabarro), are the only remnants of the former red color of the papal garments. St.Pope Pius V (1566 - 1572), who was a Dominican, changed the papal color to white, and it has remained so since."

Para ler mais sobre o tema:

http://www.dieter-philippi.de/en/ecclesiastical-fineries/greca
https://picasaweb.google.com/caeremonialeromanvm/TabarroPapal
http://liturgia.mforos.com/1699129/8527488-el-tabarro-papal/





Um comentário:

  1. Estimado amigo,

    Lamentável esse abusos liturgicos que vem de supostos super-herois da tradição. Em contra partida e brilhante, corajosa e altaneira a defesa que o amigo faz da ortodoxia católica e da fé de sempre! Salve Maria!
    Thomaz Barbosa, Campos dos Goytacazes

    ResponderExcluir